quarta-feira, 18 de março de 2015

Escola Virtual de Língua Gestual Portuguesa

A Associação de Surdos do Porto lançou, no início do mês, a primeira Escola Virtual de Língua Gestual Portuguesa. A plataforma pretende aproximar as comunidades surda e ouvinte.

A Escola Virtual de Língua Gestual Portuguesa é a primeira escola virtual do género e foi criada pela Associação de Surdos do Porto (ASP). O site está aberto a toda a gente e o registo na plataforma é gratuito. Após a autenticação, os conteúdos e os testes ficam acessíveis ao público e não é necessária qualquer qualificação específica para começar o curso de língua gestual.

O curso tem seis módulos que abordam temáticas como dactilologia, numerais, saudações, graus de parentesco, entre outras. O curso é gratuito e pode ser feito quantas vezes o utilizador entender, sem limites de tempo, pois as respostas dadas aos testes são guardadas e o aluno pode retomar o curso a qualquer altura.

Projeto quer continuar a crescer
Armando Baltazar, do Departamento de Formação da ASP, explica que o projeto surgiu “para eliminar a barreira de comunicação entre os mundos surdo e ouvinte”. A Escola Virtual é, desta forma, um espaço comum às “duas comunidades que, vivendo, trabalhando, frequentando juntas no mesmo espaço estão tão ‘distantes’ e se encontram [na plataforma]”.

O projeto foi criado com o apoio do BPI, através do prémio BPI Capacitar, e depende de apoios financeiros para continuar a evoluir. Armando Baltazar clarifica que, “nesta fase, os conteúdos são mínimos e a intenção é ir aumentando gradualmente até se atingir um nível que permita a qualquer utilizador uma fluência linguística boa”.

A adesão à Escola Virtual de Língua Gestual Portuguesa tem superado as expetativas da ASP e promete continuar a crescer devido à facilidade e flexibilidade que o site oferece ao utilizador que se inscreve para frequentar o curso.

Sem comentários: