domingo, 15 de dezembro de 2013

Da (des)Esperança

Ideias firmes espelhadas nas palavras do poeta. Fica a esperança de dias mais claros com votos de Feliz Natal e um Ano de 2014 repleto da realizações pessoais e profissionais para todos os que nos visitam!


A pobreza do eu
a opulência do mundo

A opulência do eu
a pobreza do mundo

A pobreza de tudo
a opulência de tudo

A incerteza de tudo
na certeza de nada.

"Balanço" de Carlos Drummond de Andrade (1902-1987). In "Corpo - Novos Poemas", 20ª Ed., Record: Rio de Janeiro, 2010.

1 comentário:

Elisa Encarnação disse...

Verdade, verdadinha!!
Beijinhos com desejos de um ano de 2014 repleto de realizações! =)