sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Ciberbullying: como prevenir, denunciar, superar?...

Um excelente filme que dá que pensar. É sobretudo um alerta para os perigos a que estão expostos sobretudo crianças, adolescentes e jovens. Perante os obstáculos, ensina a ser perseverante para ultrapassar-los, ensinando também a ver e a agarrar o lado positivo da vida, fazendo pontes e estreitando laços com a família, os colegas e amigos. 
Vale a pena ver!
 

Sinopse:
Taylor Hillridge (Emily Osment) é uma estudante do ensino médio, bonita de 17 anos de idade, mas um pouco desajeitada, e completamente ciente disso. Quando sua mãe lhe dá um computador de aniversário, Taylor fica animada com a perspectiva de liberdade e independência de ficar online sem a sua mãe sempre olhando por cima do ombro. No entanto, Taylor logo se vê vítima de traição e assédio moral, enquanto visitava um site social, e com medo de enfrentar seus colegas na escola, incluindo sua melhor amiga Samantha (Kay Panabaker), ela é empurrada para um ponto de ruptura extrema. É apenas após este evento de mudança de vida que Taylor descobre que ela não está sozinha, encontrando outros adolescentes, incluindo um colega de classe, que tiveram experiências semelhantes. E para impedir que outras pessoas passem pela mesma provação angustiante de sua filha, Kris (Kelly Rowan) - mãe de Taylor -, leva o caso no sistema escolar e na legislação estadual.

Sem comentários: