segunda-feira, 19 de julho de 2010

(In)Sucesso versus Mega-Agrupamentos


Em Nova Iorque, a taxa de sucesso entre os alunos que foram transferidos para escolas mais pequenas é superior à dos que permanecem nos velhos estabelecimentos.

(continuar a ler notícia)

Outro exemplo: Na Finlândia, só três por cento dos estabelecimentos têm mais de 600 alunos.

Em Portugal pensa-se ao contrário, mega ou giga-agrupamentos? Será que só se pensa, neste retângulo restrito à 5 de Outubro, na capacidade de armazenamento? E a capacidade de ensino e aprendizagem? Onde ficam? E outras questões como o aumento a indisciplina, a deterioração do clima de escola e das relações interpessoais,... não irão prejudicar o sucesso escolar? Os estudos existentes dizem que sim, mas isso não é preocupante para o ME, o que importa é poupar (outo indicativo dos estudos realizados).

Ilustração: Antero

Sem comentários: