sexta-feira, 18 de junho de 2010

A Literatura portuguesa ficou mais pobre...


... o escritor José Saramago, deixou-nos e regressou ao mar...


A TI REGRESSO, MAR…

...A ti regresso, mar, ao gosto forte
Do sal que o vento traz à minha boca,
À tua claridade, a esta sorte
Que me foi dada de esquecer a morte
Sabendo embora como a vida é pouca.

A ti regresso, mar, corpo deitado,
Ao teu poder de paz e tempestade,
Ao teu clamor de deus acorrentado,
De terra feminina rodeado,
Prisioneiro da própria liberdade.

A ti regresso, mar, como quem sabe
Dessa tua lição tirar proveito.
E antes que esta vida se me acabe,
De toda a água que na terra cabe
Em vontade tornada, armado o peito.

José Saramago in "Os Poemas Possíveis"

2 comentários:

IC disse...

A literatura portuguesa ficou mais pobre porque Saramago não escreverá mais. Mas a sua obra não morrerá.
Muitos beijinhos, Fátima.

Rosa Silvestre disse...

um bonito poema que não conhecia. Obrigada pela partilha.
Beijinho, RS.