segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Desafio Natalício


A Isabel Campeão fez-me o amável convite para eu responder a um desafio, evocando a época natalícia que atravessamos. É um tempo que me é muito caro e por isso aqui estou numa atitude de reflexão.


1. Eu já... passei alguns Natais muito tristes pela ausencia de familiares muito queridos.

2. Eu nunca... esquecerei todos os anos em que a preparação do Natal era vivido em família com grande entusiasmo na preparação do tempo que o antecede... montar o presépio, colher a árvore, decorá-la e esperar anciosamente a vinda do menino à meia noite.

3. Eu sei... que o espírito do Natal pode morrer no coração das pessoas se não lhes forem transmitidos os valores que o sustentam. Cabe á família transmiti-los. Mas será que ainda vamos a tempo?

4. Eu quero... que os valores que proclamamos no Naltal sejam vividos com a mesma intensidade nos 365 dias do ano.

5. Eu sonho... conseguir transmitir aos meus alunos que o AMOR FRATERNO é o que realmente vale a pena viver porque é ele que faz a diferença nas nossas vidas.

Sem comentários: