segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Mini-agenda Cultural


Da Fundação Calouste Gulbenkian
(clique nos links e imagens para aceder aos sítios e saber mais informações)



CONFERÊNCIA




COM INVESTIGADORES

O evento consiste num conjunto de actividades para todas as idades. No centro estão os investigadores, em contacto directo com o público, num ambiente não científico. >>

> 21 e 22 de Setembro, das 9h às 18h
O Futuro de Bolonha, 10 Anos Depois
Auditório 2
Apenas a Sessão de Abertura, das 10h às 11h, é de entrada livre. As restantes intervenções terão transmissão directa online.


EXPOSIÇÕES

> Acaba a 27 de Setembro
MU. Lua em chão de terra batida, de Pedro Morais
Centro de Arte Moderna

Inauguram a
9 de Outubro
no Centro de Arte Moderna
> Anos 70 - Atravessar fronteiras
> A interpretação dos Sonhos. Fotografias de Jorge Molder
> Jesper Just

a 16 de Outubro no edifício Sede
> Art Déco, 1925


ENCONTRO COM



O maestro e pianista Daniel Barenboim, além de inaugurar a temporada de Música 2009-2010, terá um encontro com o público no dia 22.
Assinalando a edição em português da sua obra Everything is Connected, Barenboim estará no Auditório 2 para uma conversa sobre o livro e o poder da música. Para saber mais >>
Daniel Barenboim (1942) ganhou reconhecimento público quando co-fundou em 1999 com o seu amigo Edward Said a Orquestra West-Eastern Divan que todos os verões convida jovens músicos de Israel e do Médio Oriente para formarem uma orquestra, reunindo jovens músicos árabes e judeus.


FILMES E CONCERTOS - Ciclo Stockhausen: 'Ascensão', 'Esperança'



> Dias 3, 4 e 5 de Outubro
Dois filmes e três concertos estão agendados para homenagear o compositor alemão Karlheinz Stockhausen. Neste ciclo serão apresentadas uma obra em estreia mundial e outra será executada pela primeira vez em Portugal.
Considerado um dos maiores compositores do final do século XX, Stockhausen (1928-2007) criou obras que revolucionaram a percepção de ritmo, melodia e harmonia.

1 comentário:

Cristina Bernardes disse...

Olá Fatima, obrigado pela tua visita no Fascínio das Palavras. O poema do João Paulo é realmente fantástico... Há jovens com muito valores... e ele é certamente um deles.

Beijo