sexta-feira, 10 de julho de 2009

Escolas matam a criatividade?


Excelente excerto de outra excelente conferência. A temática é interessante. A interpelação é desconcertante. Vale a pena ver e escutar estes cerca de vinte minutos de reflexão com Ken Robinson.

Parte 1


Parte 2

2 comentários:

Anónimo disse...

Já conhecia através de outro blog e realmente concordo a 200%. NÓS MATAMOS A CRIATIVIDADE DAS NOSSAS CRIANÇAS. Porquê? Somos demasiado cobardes, cheios de medos,sendo mais papistas que o papa no que respeita ao cumprimento dos normativos,saimos de uma ditadura de 50 anos mas parece que não aprendemos nada. E FICO-ME POR AQUI1

ARTISTA MALDITO disse...

Fátima, achei mais do que excelente, o que decorre deste fino e inteligente discurso é o que depois se verifica em qualquer faculdade, os académicos já se encontram de tal modo formatados que, embora tenham consciência da necessidade de mudança, não possuem meios para se ajustarem a novas realidades. Estão "viciadamente" sistematizados. E daí o reflexo no ensino, desde o básico ao secundário.