segunda-feira, 1 de junho de 2009

Ecos da luta de professores


A discordância dos números não importa, mas o calor humano é visível, e a união dos professores é intensa. Voltaremos a Lisboa sempre que as políticas educativas nenosprezarem a escola pública. A luta continua! Não abdicamos dos valores em que acredidamos - ensino de qualidade, exigência, rigor, esforço... e respeito pelo trabalho dos professores!


Os sinais e as imagens falam por si...





Lisboa, 30 de Maio de 2009 - Manifestação de Professores


Nota:
Fotos gentilmente cedidas pelos prof. bloggers. Obrigada Anabela, Elsa, Ramiro, Ana Candeias e Armanda.

2 comentários:

ARTISTA MALDITO disse...

Isso é que foi coragem, Fátima. Com tanto calor e está toda sorridente e fresquinha. Espero que a luta dos professores tenha um grande alcance, político, social e, sobretudo, nada fique na mesma.

Água mole em pedra dura tanto dá até que fura!

Beijinhos
Isabel

Fátima André disse...

Isabel, vai furar sim... pena é ser só no fim da legislatura... porque todos somos perdedores, particularmente os alunos, as escolas, os professores e particularmente o futuro da nação... a factura está por pagar...

Estava um calor de torrar, a luta tem sido muito difícil, mas todas as injustiças são insuficientes para me roubar o meu precioso sorriso :)