domingo, 19 de abril de 2009

Premio Revelação Agustina Bessa-Luís


Informação recebida da Gradiva.


Prémio Revelação Agustina Bessa-Luís
à espera de novos romancistas

Prazo de candidatura termina a 30 de Abril

Termina no próximo dia 30 de Abril o prazo de candidatura para o Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís, que a Estoril Sol voltou a instituir este ano, em homenagem à grandes escritora. O Prémio tem o valor de 25 mil euros e o júri será presidido pelo escritor e ensaísta Vasco Graça Moura.

Lançado em 2008 no quadro das comemorações do 50º aniversário da Estoril-Sol, o Prémio Literário Revelação propõe-se distinguir, anualmente, um romance inédito de autor português, sem qualquer obra publicada no género e com idade não superior a 35 anos.

Trata-se de um “verdadeiro desafio para jovens escritores com potencialidades, e ainda desconhecidos”, como reconhece Mário Assis Ferreira, presidente da Estoril Sol. E uma oportunidade singular já que , à partida, o romance vencedor tem a edição assegurada.

De facto, a edição do romance premiado, sob a égide de Agustina Bessa-Luís, resulta de um acordo entre a Estoril Sol e a Gradiva, que celebraram uma parceria para viabilizar este projecto.

Juntamente com o Prémio Literário Revelação, destinado a dinamizar as Letras portuguesas, é mantido o Prémio Literário Fernando Namora, instituído regularmente desde 1988, e cujo Júri foi presidido, nos últimos anos, por Agustina Bessa-Luís.

A recepção de originais para a segunda edição do Prémio Literário Revelação terminará em 30 de Abril próximo, de acordo com o respectivo Regulamento.

Gradiva Publicações, S.A.
Rua Almeida e Sousa, nº 21 - r/c esq.
1399-041 LISBOA
Tel: 21 393 37 60 / Fax: 21 395 34 71
E-mail: geral@gradiva.mail.pt / encomendas@gradiva.mail.pt
URL: http://www.gradiva.pt/

4 comentários:

Artista Maldito disse...

Bom Dia Fátima

Hoje peço muita desculpa, mas vou deixar a todos um poema de Eugénio de Andrade, sem forças para falar por mim.

As gaivotas vão e vêm. Entram
pela pupila.
Devagar, também os barcos entram.
Por fim o mar.
Não tardadrá a fadiga da alma.
De tanto olhar,
tanto
olhar.

Beijinho
Isabel

BC disse...

Pena ser romance, se fosse outro tipo de escrita....quem sabe!!!
Beijinhos e vou regressando devagar, até á próxima
isabel

Shakti disse...

Tens uns mimos no meu canto !!!

bj

ematejoca disse...

Bom dia, Fátima!

Se não fosse a idade máxima até aos 35 anos...!!! Mas prometo ler o romance do/da vencedor/a.

A Fátima descobriu o "ematejoca azul" e ainda não foi buscar o selinho, que fiz. Não é muito especial, mas é o meu primeiro selo... o próximo será melhor.

Um dia feliz!