terça-feira, 14 de abril de 2009

Dissertação de Mestrado em Estudos da Criança - Área de Especialização em Tecnologias de Informação e Comunicação



Um estudo que vale a pena ler porque levanta questões pertinentes e actuais e pela necessidade crescente de despertar para problemáticas envolventes, nomeadamente:
• Sensibilizar para um maior acompanhamento da criança no ciberespaço, incutindo-lhes um maior sentido de alerta e responsabilidade;
• Conhecer como se concretiza o relacionamento mediado por telemóvel e Messenger e que influência têm estas tecnologias na interacção entre pares;
• Verificar se o uso das tecnologias faz com que releguem para segundo plano o relacionamento interpessoal presencial;
• Conhecer o mundo secreto e tribal das mensagens escritas codificadas;
• Aprofundar as questões de dependência no que toca ao telemóvel e ao Messenger;
• Sensibilizar para as consequências de os pais não estarem despertos para os sintomas de adição e dependência / Sensibilizar os pais para estarem atentos ao uso destas tecnologias de modo controlado em idades que medeiam a pré-adolescência e a adolescência.
• Reflectir as repercussões que o uso abusivo destas tecnologias podem ter nos actuais modos de vida do universo infantil;
• Sensibilizar os pais para educarem para o bom uso dos meios de comunicação digital.
(...)

4 comentários:

IC disse...

É de facto cada vez mais necessário e pertinente despertar pais e outros educadores para as recomendações que a Fátima listou.
Eu acrescentaria que as mensagens escritas pelas crianças e pelos adolescentes, pelas abreviaturas e linguagem que usam, acabam por ser prejudiciais ao uso correcto do português, cuja aprendizagem em si, na escola, já anda tão deficiente.

licas disse...

Olá Fátima
Aqui estamos de novo a aprender a ensinar .
Obrigada pelo seu contributo constante e pelas chamadas de atenção tão pertinentes.
m bom 3º período.
Um abraço
Licas

redress74 disse...

Olá!

Eu sou a Teresa, a autora do estudo. Muito obrigada Fátima pela referância, bem como pelos comentários publicados.

Ao dispor para trocarmos material ou comentários (o meu contacto de e-mail está disponível no estudo).

Um abraço,
Teresa Sofia Castro

Fátima André disse...

Teresa,

Muito obrigada eu pelo interesse e disponibilidade manifestados para a partilha. Será certamente muito enriquecedor para quem demonstre interesse pelo estudo e por estas problemáticas.
Até breve!