quarta-feira, 11 de março de 2009

Inquietações...


“ainda que cometamos um número infinito de erros, só há, na verdade, do ponto de vista lógico, duas maneiras de errar: raciocinando mal com dados correctos ou raciocinando bem com dados falsos. (Haverá certamente uma terceira maneira de errar: raciocinando mal com dados falsos). O erro pode, portanto, resultar de um vício de forma – raciocinar mal com dados correctos – ou de matéria – raciocinar bem com dados falsos.”
Othon M. Garcia

Sem comentários: