sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

É nas escolas que a luta se vence...



Por uma revisão que elimine a divisão da carreira em categorias; que estabeleça um modelo de avaliação pedagogicamente construído e garanta a abolição das quotas; que valorize a componente lectiva dos docentes, expurgando do seu horário os cada vez maiores tempos destinados a tarefas burocráticas; que elimine todos os mecanismos criados para afastar, da profissão, docentes que são necessários às escolas, designadamente através de uma espúria prova de ingresso. São essas exigências, sintetizadas num abaixo-assinado, que, no próprio dia 19 de Janeiro, serão entregues, pelas 15 horas, no Ministério da Educação. Simultaneamente, nas restantes capitais de distrito, também a Plataforma Sindical dos Professores, em reuniões solicitadas aos senhores Governadores Civis, fará a entrega do texto do abaixo-assinado e dará conta das suas preocupações sobre o actual momento que se vive na Educação.
[ler mais]

2 comentários:

licas disse...

Por favor passe pelo meu blog para ir buscar uma prendinha dourada que deixei para si.
Com amizade
Isabel ( Licas)

IC disse...

Não vou repetir o que acabo de confidenciar, em comentário, ao Miguel Pinto. Só me resta manifestar solidariedade.