quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Inquietações...

Do barco

O texto a seguir é de Chuang Tzu:

“Se um homem estiver atravessando um rio, e uma canoa vazia bater em seu barco, ele não ficará com raiva”.


“Mas se ele avistar alguém na canoa, irá gritar para que desvie sua rota”.


“Se a pessoa não o escuta, grita novamente, fica com raiva, diz palavrões. Faz tudo para evitar o desastre”.


“Se a canoa estivesse vazia, este homem não estaria berrando, nem estaria com raiva”.


“Portanto, saiba que irritar alguém de vez em quando, significa mostrar que você está vivo, e no leme do seu destino. Significa, sobretudo, que os homens notam a sua presença, e tentam se comunicar com você”.

In Paulo Coelho, Mensagem do Dia

Sem comentários: