terça-feira, 19 de agosto de 2008

Mais uma Sugestão de Leitura


Título: Os Livros Que Não Escrevi
Editora: Gradiva
Ano de Edição: 2008

Steiner é sem dúvida um dos maiores intelectuais da actualidade em todo o mundo. Nesta obra ensina-nos que por vezes tão importantes como os livros que se escrevem são os que não se escrevem.

Os Livros que não Escrevi, é um novo ensaio de George Steiner. Obra profundamente original e audaciosa, onde o autor fala de sete livros que não escreveu, por motivos vários – porque as indiscrições eram excessivamente intimidantes, porque o tema provocava demasiada dor, porque o desafio emocional e intelectual se revelava superior às suas capacidades. Os temas tratados variam substancialmente e desafiam tabus convencionais: a experiência do sexo em línguas diferentes, as reivindicações do sionismo, um amor mais intenso pelos animais do que pelos seres humanos, o privilégio dispendioso do exílio, a teologia do vazio...
O melhor é mesmo ler...


O QUE DIZEM OS CRÍTICOS (in Gradiva online)
«Magnífico.» Edward Said, The Nation

«Não há ninguém a escrever sobre literatura que se possa comparar a Steiner enquanto polígrafo e poliglota, e poucos poderão igualar a verve e a eloquência da sua escrita.» Robert Alter, The Washington Post

«Brilhantemente iluminador.» Alain de Botton

«O seu discurso e as suas ideias revelam equilíbrio, seriedade sem monotonia, erudição sem pedantismo e charme sóbrio.» Naomi Bliven, The New Yorker

«A obra de Steiner caracteriza-se por um humanismo inteligente e profundamente sentido: este homem prolífico é habitado por uma tradição de inteligência e estilo.» The Los Angeles Times

2 comentários:

Teresa disse...

Francis George Steiner é um nome bem conhecido aqui, na Alemanha, talvez por ter tido um pai austríaco. Ganhou vários Prémios.
Confesso: nunca li nada dele. Nunca me atraíu.

f@ disse...

Nunca li nada de G. Steiner... obrigada pela sugestão... fico com uma imagem daquelas que dá curiosidade...
Belíssima música esta que escolheste...
beijinhos das nuvens