sábado, 16 de agosto de 2008

Inquietações...


Os livros têm os mesmos inimigos que o homem: o fogo, a humidade, os bichos, o tempo e o próprio conteúdo.
Paul Valéry


... e o próprio Homem, acrescento eu. Aliás, basta olhar à nossa volta e conhecer um pouco da História da Humanidade para perceber que o homem é o maior inimigo de si próprio. Não causo estranheza a ninguém, julgo eu.

2 comentários:

1/4 de Fada disse...

A vida tem coincidências muito engraçadas! É o terceiro blog por onde passo que fala de livros! Não há dúvida que ná acabamos por nos juntar a pessoas parecidas umas com as outras...
Beijinhos.

Fátima André disse...

Tens razão, Fadinha. É como tudo na vida. Eu não lhe chamo coincidências, mas (re)encontros. No fundo o que acontece é que acabamos por nos aproximar dos lugares que gostamos, das coisas que nos falam cá dentro e que nos interessa, das pessoas que connosco partilham afinidades...
Beijinhos e sorrisos tribais ;)