quinta-feira, 5 de junho de 2008

Uma expressão de humanidade



Como muito bem nos recorda matemática na cidadela, em a Terra, o nosso Condomínio, "PRESERVAR A BIODIVERSIDADE É PRESERVAR A VIDA NA TERRA!"

Esta é uma iniciativa interessante e, mais do que isso, importante. Um programa de reciclagem de rolhas de cortiça. Tenha gestos simples como este para ajudar a melhorar o ambiente.


RECICLAR ROLHAS DE CORTIÇA

A PARTIR DE 5 DE JUNHO – DIA MUNDIAL DO AMBIENTE

VAMOS COLOCÁ-LAS NOS RECICLADORES


Espreite [aqui], informe-se e colabore! Gestos tão simples como este, podem fazer a diferença na qualidade de vida da humanidade!



5 comentários:

Teresa disse...

Querida Fátima:
Agradeco que leve alguma coisa do meu bloque, porque é sinal que gostou, e eu fico lisonjeada.

Este tema é para mim muito importante. E tenho muitos problemas em Portugal, mesmo no seio da minha família.
As 50 regras que o Raúl pos no blogue dele sigo-as já há muito tempo.

Até hoje à noite.
.):):)

Maria do Carmo Cruz disse...

Fátima, o meu grito pelo Ambiente hoje está um tanto terra-a-terra. Mas obrigada por griatres ao mundo a tua parte. Beijinho, Carmo

BC disse...

Antecipei-me no dia, mas também não faz mal,tem que ser todos os dias.
Como já frizei muitas vezes não gosto muito de dias marcados no calendário,existem muitas pessoas infelizmente que só pensam nestas coisas nos dias que estão pré concebidos para isso e o resto do ano,peço desculpa mas borrifam-se,
e isso é muito mau.
Já tinha visto esta postagem, que está de facto muito interessante.
Margarida?Ana Lima?
:)s

Fátima André disse...

Pois já, eu já tinha feito esta postagem em moralitos ebic no passado mês de Maio. E foi a Margarida a 1ª a trazer este tema a debate na "matemática na cidadela" como refiro no meu post. Aliás, tenho um link para o referido post "Terra, o nosso Condomínio".

Fátima André disse...

Quero ainda acrescentar que são temas recorrentes neste blog, a EDUCAÇÃO AMBIENTAL, bem como outros que têm no calendário um dia para ser celebrado. Este post apenas pretende reforçar a sensibilização para um problema que nos afecta a todos. Reforçando a ideia da supracitada,as acções devem acontecer todos os dias em pequenos e simples gestos quotidianos ao alcance de todos, dos 8 aos 80... ou mais cedo :)