domingo, 25 de maio de 2008

Hora da Poesia


Tempos Sombrios

Realmente, vivemos tempos sombrios!
A inocência é loucura.
Uma fronte sem rugas
denota insensibilidade.
Aquele que ri
ainda não recebeu a terrível notícia
que está para chegar.
Que tempos são estes, em que
é quase um delito
falar de coisas inocentes,
pois implica em silenciar
sobre tantos horrores.

Bertold Brecht

1 comentário:

Teresa disse...

Penso, Fátima, que já li tudo ou quase tudo do Brecht. Visitei a casa onde ele nasceu em Ausburg e estive na campa dele em Berlim. O que eu quero dizer, é que sou uma grande admiradora dele. Portanto, obrigada por este poema dele tao conhecido aqui.

Nao consigo dormir.