domingo, 13 de abril de 2008

Organização do Portefólio – componente da análise documental na avaliação docente

Embora dentro da mesma linha do que aqui já postei anteriormente, [aqui] fica mais uma sugestão de organização do portefólio elaborada pela Margarida dos “Horários Escolares”. A mesma contempla os itens constantes das fichas de avaliação pelo Coordenador e pelo Presidente do Conselho Executivo. Todas as sugestões aqui apresentadas são apenas isso, sugestões de trabalho que podem ser enriquecidas e adaptadas às orientações das escolas.

Aproveito para relembrar que as componentes dos portefólios em papel e as componentes dos portefólios em formato digital são as mesmas e não têm de ser diferentes de forma alguma. A opção deve ser acordada entre o avaliador e o avaliado. Sabemos porém que o formato digital suporta materiais que não podem ser apresentados em papel (como vídeo, fotos, ppt, áudios…). Por outro lado, a economia de papel é também uma grande vantagem.

A organização do portefólio é fundamental no processo de avaliação, o formato de apresentação é secundário. Se o docente optar pela organização em formato digital (pastas, sub-pastas, em formato de livro, etc.), a criatividade e os conhecimentos TIC são uma mais valia (economia de tempo e papel); se o docente apresentar em formato de papel, utiliza os tradicionais separadores de itens e em nada é penalizado. O importante é que o portefólio contenha o que fora acordado previamente entre avaliado e avaliador segundo as orientações da escola.

Nota: Umas vezes é o nosso cérebro que é diodo, outras vezes é o Scrib que é diodo e não funciona na perfeição, por isso, espreite e faça download do documento [aqui].
Se eu conseguir embeber o documento num post separado ainda o faço… as tecnologias também têm as suas birras…

Sem comentários: