quarta-feira, 9 de abril de 2008

Acordo ortográfico. Que vantagens?

Alguém me explica, devagar, devagarinho (porque eu sou alentejana) as vantagens deste acordo ortográfico?
Até ao momento, ainda não consegui ler nenhum argumento válido que sustente a necessidade, bem com as vantagens, deste acordo.

Não tenho ainda uma opinião bem formada a este respeito, tenho umas ideias que precisam de ser arrumadas e que carecem de algum contraponto. Espero obter aqui boas razões para uma opção esclarecida. Conto com o contributo dos leitores na partilha das suas ideias e dos seus conhecimentos na área.


© Rodrigo Matos

1 comentário:

SAM disse...

Fátima, como uma pessoa que vive(u) entre Brasil e Portugal, eu vejo que um acordo poderia facilitar ainda mais as relações entre ambos países e mesmo a posição do idioma português no mundo.

Mas, como menciono no meu blog, acredito que o método pode não ter sido o melhor...

Tirando isso, para mim o fundamental, como já disse, é a unidade do idioma português que, defendo, é apenas o primeiro passo para que a unidade do género humanos se efe(c)tive!

PS: deixo aqui o endereço para o que eu escrevi há já algum tempo - http://fenixadeternum.blogspot.com/2007/08/minha-ptria-lngua-portuguesa.html