domingo, 9 de dezembro de 2007

Vale a pena ler

O Professor como Pessoa
Jesus Maria Sousa (2000)


Todos queremos bons professores, bons técnicos de ensino, cultos e conhecedores do que fazem e porque o fazem. Mas ao desejarmos profissionais competentes, estamos igualmente a desejar pessoas psicologicamente fortes, amadurecidas e realizadas, pessoas psicologicamente equilibradas. Esta obra, apresentada por Louis Marmoz, personalidade sobejamente conhecida no campo da educação a nível internacional, pretende relatar uma experiência de investigação virada para a valorização da Pessoa na formação de professores, levantando ao mesmo tempo algumas questões que se colocam normalmente ao investigador duma área tão sensível e complexa como a das ciências sociais e humanas. É esse diálogo entre os caminhos intuitivos e hipotético-dedutivos que "O Professor como Pessoa" pretende também transmitir, numa espécie de releitura das etapas percorridas pela autora.

Para quem não tiver a oportunidade de ler o livro que está editado nas Edições ASA e nas Edições Livpsic, aqui fica, da mesma autora, uma sinopse (formato pdf) do livro supramencionado (publicada originalmente no Correio da Educação, 29, 1-2 (2000). Trata-se de um testemunho particular, um trajecto de investigação de Jesus Maria Sousa (Professora Catedrática da Universidade da Madeira). Um livro e um texto que vale a pena ler.

Sem comentários: