segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

O silêncio das imagens que gritam



10 de Dezembro - Dia Mundial dos Direitos Humanos





Ps.: Este post integra uma blogagem colectiva para assinalar o Dia dos Direitos Humanos, campanha promovida pelo SAM do fênix ad eternum - Um Mundo, uma Vida. Para ler o último post do autor e ver a lista de todos os bloggers que aderiam a esta iniciativa, clique [aqui].

6 comentários:

Renata disse...

Não é a toa que dizem que uma imagem vale mais que mil palavras...
belo participação!

Ceci disse...

olá, Fátima! As imagens postadas são fortes, calam dentro de nossos olhos, calam e gritam as realidades que gostaríamos que não fizessem parte da humanidade. obrigada pela visita ao Viver Melhor. Também gostei de saber de sua especialidade EDUCAÇÃO. Atuei a vida toda como professora, aqui no Brasil, agora aposentei-me oficialmente, porém continuo educadora, isso não se pode largar. Está na pele. Abraços!

SAM disse...

Fátima, estou com uma gripe e, como asmático, tenho alguma (ainda bem que , neste caso, ligeira) dificuldade de respirar neste momento. E ao ver as fotos que você aqui colocou senti, na realidade, sem exageros ou metáforas, a minha respiração cortada! Eram fotos de cortar a respiração.

Seremos assim tão cruéis connosco próprios?
Acredito que todos os seres humanos foram criados com a capacidade de levar avante uma civilização em contínuo progresso e evolução.

Deixo-lhe o desafio: acha que somos capazes de ir para além do que essas fotos mostram de nós? conseguiremos reacender o anjo no aparente demónio que somos?

Eu sei a minha opinião, mas, se me permite, gostaria de saber a sua.

Obrigado!

Fátima André disse...

Sam,

Não tenho a mais pequena dúvida, a história da humanidade está repleta de testemunhos de bondade, de entrega, de fraternidade... de pessoas que deram a vida na luta por esses direitos que hoje reclamamos como universais... outros fazem-no hoje e certamente amanhã...
O mundo já foi pior e poderá ser melhor, se pessoas como nós quisermos!

Luci Lacey disse...

Fatima

Seu blog e uma graca.

Fotos fortes e nem assim, as pessoas se fazem melhor.

Beijinhos

Lucia Freitas disse...

Fátima
Apesar da crueza e da dureza, olhar estas fotos silentes desperta ternura, compaixão, vontade de aperfeiçoamento. Me conta de como podemos avançar. Obrigada.