quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

O Sonho comanda a Vida I

Nunca Desista dos Seus Sonhos
Autor: AUGUSTO CURY
Editora: Pergaminho
Última Edição: 2005
N.º de Páginas: 168

Augusto Cury é um conceituado autor que quase dispensa apresentações. O Dr. Augusto Cury é psiquiatra, psicoterapeuta, cientista e escritor. Quanto ao livro cujo título apresentamos, nele o autor faz-nos reavivar a nossa capacidade de sonhar, revelando quão fundamental ela é para a realização dos nossos projectos de vida.

Sinopse

Os sonhos são como uma bússola que nos indica quais os caminhos a seguir e as metas a alcançar. São eles que nos impulsionam, nos fortalecem e nos permitem crescer. Se tivermos sonhos pequenos, a nossa capacidade de sucesso também será limitada. Desistir dos sonhos é abdicar da felicidade, pois quem nem sequer tenta alcançar os seus objectivos está condenado a ter uma taxa de insucesso de cem por cento. Analisando a trajectória vitoriosa de grandes sonhadores – como Jesus Cristo, Abraham Lincoln e Martin Luther King –, Augusto Cury convida-nos a repensar a nossa vida e instiga-nos a nunca deixar morrer os nossos sonhos.

Do Prefácio seleccionei um pequeno excerto para reflexão:

«Os sonhos são como o vento, sentimo-los, mas não sabemos de onde vêm nem para onde vão. Eles inspiram o poeta, animam o escritor, arrebatam o estudante, abrem a inteligência do cientista, dão ousadia ao líder. Eles nascem como flores nos terrenos da inteligência e crescem nos vales secretos da mente humana, um lugar que poucos exploram e compreendem.»

Augusto Cury
Voltarei a falar deste livro e a citá-lo em temas associados aos Direitos Humanos, à Igualdade de Oportunidades…
Ps.: Para conhecer mais sobre o autor e a sua obra (editada em Português) ver [aqui] – Editora Pergaminho.

2 comentários:

alexbr82 disse...

Já li alguns livros do autor e gostaria de partilhar a minha opinião.Da primeira vez que li adorei e achei que estava lendo um futuro revolucionador das ciencias da educaçao, mas após ouvir uma crítica na revista veja começei a ter um ponto de vista mais crítico. Gostaria de saber se a Fátima acha que o autor destes livros tem realmente algo de novo para nos ensinar ou se é apenas um divulgador científico de grande qualidade.
obrigado

Fátima André disse...

Olá alex

Não digo que o autor seja um revolucionador das Ciências da Educação, mas acho que pode ajudar a construir muitas pontes entre a ciência, os resultados das investigação nas áreas que trabalha, sobretudo da psicologia e da psiquiatria e, naturalmente, o campo vasto da educação. São "mundos", áreas que se cruzam e é preciso saber fazer correctamente esta teia, que não é fácil.
Acho que podemos sempre aprender com as ideias e o trabalho dos outros, ainda que nem sempre comunguemos dos mesmos ideais. Eles podem rasgar-nos horizontes e revigorar a nossa vontade de realizar os nossos sonhos, os nossos projectos de vida...