quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Pensamentos para reflectir…


“A grande tentação de hoje é reduzirmos os assuntos à sua dimensão linguística. Falamos e, tendo falado, pensamos ter agido.” (p.17)


“Tornou-se comum a ideia que o desenvolvimento é o resultado acumulado de conferências, workshops e projectos. Eu não conheço país nenhum que se tivesse desenvolvido à custa de projectos. (…) Mas quem lê os jornais verifica como está enraizada esta crença. Isto apenas ilustra a atitude apelativa que prevalece entre nós de que os outros (na nossa linguagem moderna, os Stake-holders) é que têm a obrigação histórica de nos retirar da miséria.” (p.18)

Obra de referência:
Couto, M. (2005). Pensatempos – textos de opinião. Lisboa: Editorial Caminho.

Sem comentários: